quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Música e vinhos, o homem não vive sem



Existem duas coisas frequentes nos bons momentos de minha vida: música e uma garrafa de vinho aberta. O desafio lançado pela Wine of Argentina de harmonizar vinho com música foi uma ideia diferente e desafiadora.  Para quem não sabe a Wine of Argentina é a entidade responsável pela divulgação dos vinhos Argentinos pelo mundo.  

No dicionário Aurélio harmonizar é pôr em harmonia, tornar harmônico, conciliar, congraçar. Se formos definir classicamente uma harmonização enogastronômica é a busca do equilíbrio entre a comida e o vinho. Então harmonizar música e vinhos o que seria, além de alegria?


O desafio propostos seria harmonizar uma música, dentro de uma lista pré selecionada, com os dois vinhos que me enviaram. O encontro música vinho é interessante, como nos vinhos, as músicas nos tocam das mais variadas formas, uma música agitada desperta as pessoas, uma música clássica leva muitos ao ecstase e outros causa sono. Em um bom vinho pode nos causar relaxamento, fazer viajar pelas sensações e aromas, outros vinhos nos despertam e inspiram.

Para minha harmonização "eno" musical recebi da Wine of Argentina dois vinhos:  um vinho branco Chardonnay 2010 Reserva da La Consulta e um espumante o Bianchi Extra Brut 2006. Os vinhos deveriam harmonizar com a seleção de músicas pré selecionadas, publicadas aqui.

La Consulta Reserva Chardonnay 2010
La Consulta Reserva Chardonnay 2010 é produzido pela Finca La Celia, em Mendoza. O Chardonnay harmonizou com um dos momentos mais especiais do ano, o degustei na noite do Natal. Para nós brasileiros esta é uma noite de confraternização entre os familiares, um encontro de pessoas queridas. Na lista proposta existia a bela canção da MPB "Casa no Campo" na voz da Elis Regina , encontro da fantástica voz da Elis com um vinho tranquilo e elegante, servido na mesa com pai, tio e irmão, algo como na musica " eu quero nada mais " aquele momento que nada mais é necessário, somente aquele vinho gelado e as companhias. Coincidentemente, estou numa fase que escuto bastante Elis Regina.

O Bianchi Extra Brut levantou, seu paladar acentuado e refrescante, um extra brut com personalidade. O Bianchi Extra Brut pediu aquela tarde na praia ou beira de piscina, apesar de não ser do meu gosto musical, achei que harmonizou com pagode, ambos agitam a mulherada, o encontro pagode e espumantes harmoniza perfeitamente. Zeca Pagodinho e o Bianchi Brut é um espumante também para beijar, namora, como a música Beija-me do Zeca.


Agradeço ao Wine of Argentina e ao seu embaixador no Brasil Deco Rossi pelo convite. 

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Sim Carmem
      Foi bem bacana harmonizar sensações dos vinhos com as sensações da música.

      Beijão e bom final de semana!!!
      @gusBelli

      Excluir