segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Campeonato Mundial da Exploração do Turista

Estamos a menos de um ano da Copa do Mundo de Futebol no Brasil, ou a Copa da FIFA. Com certeza milhões de turistas do mundo inteiro virão ao Brasil, teríamos de tudo para para fazer um gol de placa, mas as notícias que chegam não são nada animadoras. 

Que possuímos uma infra-instrutura atrasada não era nenhuma novidade, nosso governo não conseguiu criar um ambiente de evolução ao país, utilizando da desculpa Copa, para transformar e modernizar os aeroportos, portos e ferrovias. Estamos praticamente num país de promessas passadas e poucas realidades, somente faltou lançarem a nova Transamazônica, por que prometer é fácil, realizar que se torna difícil.

As redes hoteleiras enfrentaram a especulação imobiliária, brigas judiciais intermináveis para obtenção de alvarás e licenças para a construção ou reformas dos hotéis. Apesar de tudo isto não justificam os valores exorbitantes das diárias durante a Copa. A mão de obra nacional não foi qualificada, pouco se escuta sobre o ensino de outros idiomas para recepção dos turistas. Lembro que outro idiomas, não se restringe ao Inglês (que deveria ser obrigatório), mas equipes preparadas para atender em Japonês, Russo, Alemão e os mais diversos idiomas dos países classificados.

Para completar as companhias aéreas se aproveitam do momento e oferecem voos em valores criminosos, cadê a fiscalização da ANAC ou do órgão de defesa do consumidor? Desculpa mas não será assim que teremos mais turistas no país. Uma vergonha e um grande oportunismo das principais companhias aéreas. Estas mesmas que meses atrás estavam solicitando re-parcelamento de dívidas e facilidades aos governos para a compra de combustível. Na hora delas levantarem o país, mais uma vez a ganância está falando mais alto. 
O abuso das tarifas foi denunciado neste artigo da Folha de São Paulo do dia 14 de outubro de 2013: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/10/1356129-voo-sp-rio-na-copa-ja-custa-quase-o-mesmo-que-ir-a-ny.shtml

O Ministério do Turismo devia parar de levar as mulatas pelo mundo e pensar o turismo como algo sério e lucrativo, não a exploração do turista e sim o turismo e suas inesgotáveis opções.

Este foi meu desabafo, mas não estou sozinho:

PROTESTO DE BLOGUEIROS DE VIAGEM!

O Viajar e Pensar juntou-se aos outros blogueiros de viagem da RBBV(Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem), resolveram organizar um protesto online, gerando um “twitaço e Facebookaço” usando a hastag #CopaAbusiva e demostrando todos juntos a indignação por esses preços abusivos de passagens aéreas e também de outras tarifas que com certeza vão aumentar sem justificativa plausível, como taxas de hospedagem, alimentação e entretenimento. Existem um esforço tão grande para divulgarmos as cidades brasileiras, para mostrar todas as belezas e atividades que cada destino pode oferecer, mas nada vai adiantar se ficar inviável para o viajante explorar o turismo doméstico.Se as práticas abusivas não pararem, se não pudermos oferecer condições para viagens nacionais, com certeza vamos perder muitos viajantes brasileiros e depois, vamos perder inclusive viajantes internacionais! E o “legado” desses eventos começa a se perder já na área do turismo, uma das que deveria receber mais incentivo logo de início!
E você? O que você acha desses preços abusivos? Se pretende viajar nesse período, você vai escolher pagar para viajar no país ou vai para o exterior? Deixe seu comentário e nos diga!
E se você está indignado também, use suas redes sociais e utilize a hastag #CopaAbusiva junto conosco!

2 comentários:

  1. Adorei o título "Campeonato Mundial da Exploração do Turista", mas acho que isso já acontece o tempo todo por aqui! Infelizmente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda é o verdadeiro #imaginanacopa
      :)
      @GusBelli

      Excluir