segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Viajante Convidado: Gresiela - Provence - Parte III

Seguindo para Aux-en-Provence...

Mais uma vez, para aproveitar o caminho, passamos pela cidade de Arles. Colonizada pelos gregos, se tornou romana graças à César e foi devastada na Idade Média.  Ela é conhecida, entre outras coisas, por ser a cidade onde Van Gogh morou por certo tempo.


Havia muitas coisas para se conhecer na cidade, como a arquitetura e o Anfiteatro romano. Mas para mim o que foi mais fantástico, o meu terceiro ponto alto da viagem, foi conhecer Les Alyscamps. Um cemitério romano, que hoje resta em ruínas, que foi pintado por Van Gogh e Gauguin, citado por Dante, em Inferno, e, como brincamos, fotografado por nós. 



O lugar é incrível, com as ruinas das tumbas espalhadas pelos dois lados, formando um corredor e o grande mausoléu. E mais uma vez a sensação forte de estar visitando a História, foi realmente mágico.

  Um pedacinho da cidade:
O Anfiteatro Romano:
Anfiteatro Romano em Arles, França


















Depois de conhecer minimante a cidade, partimos para o Aux.


No caminho, mais uma surpresa! Voando pelos ares os aviões de fumaça faziam um espetáculo.



Ficamos 4 dias hospedados num apart hotel em Aux chamado L´Atrium. Gostamos muito de ter escolhido ali este tipo de acomodação, que nos permitia fazer um jantarzinho em casa e assim também descansar um pouco mais. A reserva foi realizada pelo Booking.
A cidade de Aux-en-Provence, chamada carinhosamente de Aux, é um ponto de referência na região, por ser mais urbana. É muito charmosa! Cheia de fontes, ruas e pessoas elegantíssimas é realmente abundante em beleza. 
Fontes de Aux-en-Provence


Fizemos o passeio com o trenzinho com o guia que vai explicando um pouco da cidade. Muito bacana!


Uma fotinho com o monumento em homenagem ao principal artista da cidade, Paul Cézanne.
A montanha Sanit Victorie
A montanha Sanit Victorie que foi muito pintada pelo artista.

O ponto alto culinário na cidade foi o restaurante Les Deux Garçons, de 1792, por onde passaram muitos dos artistas e intelectuais franceses. www.les2garcons.fr




A ideia de se hospedar nesta cidade é que a partir dela podíamos conhecer uma boa região da Provença sem ter que andar muito. Fizemos um passeio pelo Parque do Luberon, em que passamos por Loumarin, Bonniex, Lacoste, Roussilon, Gordes. Lindo, lindo, lindo, lindo, muitas vezes lindo. A cidade mais bonita, talvez porque seja a maior, mais impactante pela força das construções cravadas na montanha é Gordes.




A região é cheia de surpresas pelo caminho. As papoulas:



 E cada vila é mais uma surpresa:
Encontramos as plantações de lavanda e mesmo que ainda não estivessem floridas são linda.
Vinhedos também não faltam!
Roussilon

A cidadezinha de Roussilon é uma charme e tinha até um a feira de antiguidade acontecendo.














Mas Gordes é grandiosa, linda, surpreendente:

Gordes



Também conhecemos muito rapidamente a cidade de Avignon, conhecida por ser a cidade dos Papas. Nos anos de 1309-1377 sete papas regeram a igreja Católica desta cidade, como se o Vaticano estivesse na França.
Avignon
Depois da Provença fomos para Côte DÁzur...

Veja as duas primeiras parte desta aventura:
#Barcelona - Parte I

# Girona e Carcassone - Parte II

2 comentários:

  1. Adorei o relato de sua viagem. Estamos indo, eu e meu marido fazer uma viagem começando por Lisboa, seguindo para a espanha: Córdoba, Granada e Sevilha e em seguida Barcelona. Depois Paris, pra visitar uma afilhada. Suas dicas serão bem utilizadas por nós no percurso de Barcelona a Paris. Um abraço e prazer em conhecê-la.
    Izabel Wanderley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Izabel!
      Viagem show, de Barcelona até Paris com certeza serão lindas paisagens e belas histórias para contar.
      Boa Viagem!!
      @GusBelli

      Excluir