quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Voos e fusos horários antes de embarcar no trem

Para chegar na Rússia e iniciar a viagem com o trem Transiberiano foi uma maratona de  longos voos a partir do Brasil. O primeiro voo saiu de Florianópolis na quarta dia 18 de julho às 13:50h, e cheguei em Moscou somente na quinta às 22:50h. Nesta primeira etapa, voei com a TAM de Florianópolis à Guarulhos e em seguida até o aeroporto de Frankfurt, na Alemanha. De Frankfurt até Moscou, segui com a Lufthansa, parceira pela Star Aliance.
Agito de Guarulhos

O voo de Guarulhos para Frankfurt foi realizado num Boeing 777 novinho, que partiu pontualmente e o serviço foi muito bom. Os comissários de bordo bem atenciosos e a refeição em bom padrão. Gosto muito do serviço prestado nos voos internacionais da TAM, e sempre que possível opto por ela, mas é claro que  $$$, neste caso, sempre é a minha primeira opção e o custo/beneficio tem que valer a pena.




O gigante A380, a primeira vez a gente não esquece
Dupla de Gigantes lado a lado o Boeing 747 e o Airbus A380

Chopp no Goethe
Foi um grande prazer fazer esta conexão em Frankfurt,  pela primeira vez observei os gigantes Airbus A380, admirado como todo menino apaixonado por aviões. A conexão foi muito tranquila, o aeroporto é muito organizado e fácil, as salas de embarque de Frankfurt são amplas, tudo tão eficiente que até consegui tomar um chopp no Bar Goethe, afinal era minha primeira vez em solo Alemão e nada melhor do que um choppinho. Nas salas de embarque me chamou atenção os aquários para os fumantes. Em 3 horas eu já estava voando num Airbus A321 da Lufthansa rumo ao Aeroporto de Domodedovo, em Moscou. Viajem tranquila sem nenhum susto ou falhas nos 3 voos.
Aquário dos fumantes no Aeroporto de Frankfurt
Somando todas as horas voando e os intervalos de conexões foram aproximadamente 24 horas para chegar em Moscou, chegando lá mais 7 horas de fusos horários em relação ao Brasil, e era só o começo, em Vladivostok ao final da rota Transiberiana seriam 14 horas em relação o Brasil.
Guichês no Domodedovo, qual  seu próximo voo?
A319 verde da S7
Na sexta às 14 horas estava novamente embarcando no Domadedovo, mal havia pousado em Moscou, e peguei voo da companhia russa S7 para Ecaterimburgo. A S7 é uma das poucas companhias aéreas da Rússia membro da IATA, utiliza somente aeronaves Boeing ou Airbus, e todos pintados com um verde inconfundível #periquito. Outro detalhe em Ecaterimburgo adicionamos mais 2 horas de fusos, então apesar das 2 horas de voo, pousamos em Ekaterimburgo às 18 horas de horário local, sendo que, eu já estava a 9 horas do Brasil
Resolvemos iniciar em Ecaterimburgo e assim diminuir um dia de trem em relação a  Moscou. A rota Transiberiana clássica é iniciar a viagem partindo em Moscou e chegar à Vladivostok, com 9288 quilômetros percorridos em 7 dias dentro do trem.
Entre Moscou e Ecaterimburgo com o transiberiano a sugestão é fazer uma parada em Kazan ou Cazã, capital do Tartaristão. Sugiro a leitura do post do Gabriel quer Viajar sobre o Tartaristão para saber das belezas e curiosidades da região, e ver o que perdi.
Aeroporto de Ecaterimburgo
O aeroporto de Ecaterimburgo apresenta uma boa estrutura, porém estava em reformas para a Copa do Mundo de 2018 em que a cidade será sede de grupo. Todo o investimento está sendo realizado para proporcionar conforto aos visitantes, muito "semelhante" ao que está ocorrendo por aqui, em terras Brasilis
O aeroporto está ligado ao centro da cidade por uma linha de trem. Com estávamos em três optamos por pegar um táxi ao hotel que custou 300 Rublos (10 dólares).
Publicidade da Malboro no Aeroporto, na Rússia é fumo free.
Meu sábado em Ecaterimburgo foi um dos dias mais desorientados da minha vida, 9 fusos horários em 2 dias, muitas horas de voos, algumas doses de vodka e um calor enorme, fiquei viajando na viagem :). 

Continuem acompanhando que a diversão está só começando ...

Veja meu post sobre Conexões Aéreas: 

2 comentários:

  1. Oi Gustavo....estou pretendendo fazer esse roteiro ano que vem e me encontrei no seu post..mas diga lá quero saber a continuação..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helen, já tem a viagem inteira no Blog:
      http://viajarepensar.blogspot.com.br/search/label/Transiberiana

      @GusBelli

      Excluir