sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Dica de Punta Del Este - Jantar no Piegari

PIEGARI UMA NOITE INESQUECÍVEL


No Carnaval de 2008, fomos com mais 9 casais, passar o carnaval em Punta del Este. Um grande problema seria arranjar um restaurante para toda esta tropa, o que poderia ser uma encrenca muito grande, era tudo uma festa. Esta aventura depende do restaurante, e em Punta eles estão preparados para atender grupos com facilidade. Fizemos uma reserva no Piegari, filial do famoso Piegari de Buenos Aires, uma tradicional casa Italiana. Em Punta eles trabalham com um cardápio tradicional, acrescido de uns diferencias com os frutos do mar fresco, o ambiente é belíssimo, esta localizado rua atrás da Marina em Punta del Este (mapa). Uma carta de vinho completíssima, que lembro tinha Vega Sicília e alguns Champagnes Top, além de uma ampla variedade de vinhos Uruguaios e Argentinos.

Fomos instalados, num ambiente no segundo piso, com uma ampla mesa, e dois garçons exclusivos para nos atender. Os pedidos foram dos mais variados, desde fillet, frutos do mar variados, macarrão com brócolis e alho, porém todos sairam felizes. Os mais solicitados da noite foram o Fettucinni Negro, com molho branco de camarões e caviar, o rissoto de camarão, todos regado por excelentes vinhos Brancos e Rosés Uruguaios e na saída pedimos alguns espumantes, pois o momento pedia, explicações abaixo.

A Ju foi de Risotto

Meu Fettucinni Negro


Fortes emoções estavam guardadas para aquela noite, e num momento de silêncio, nosso mestre de cerimônias Ado, fez as aberturas para o Luca, pedisse a mão da Babi em casamento, o que foi acompanhando de muito espumante e lágrimas, foi um momento legal a todos, e acredito inesquesível ao casal. E quando digo que estava uma noite surpreendente o Maitre mandou vir mais três garrafas de espumantes, por conta da casa e pelo momento maravilhoso, difícilmente de ocorreria isto num restaurante aqui em Florianópolis.

Viva os Noivos!!!



Na saída do restaurante havia um músico com um violão fazendo um som, mais quando estávamos saindo o Ado, pegou o violão e mandou bala num Djavan, animou geral, e fizemos mais uma festa na saída do restaurante, e por incrível que pareça os funcionários do restaurante estavam curtindo e falando Brasileiros animados, e curtiram nossa festa.

Ado no violão
A galera em frente ao Piegari

Ps: Já estamos em Agosto de 2009, e o Luca ainda tá noivo, continua enrolando a Babi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário