quarta-feira, 5 de agosto de 2009

EX

EX

Em países democráticos, existem os ex, sempre teremos que viver ou sobreviver com a sombra de nossos ex mandatários. Nosso ex presidente Sarney, envolvido em muitos atos que por ele deveriam ser para sua canonização, gostaria de eliminar da fase da terra os jornalistas, já o ex Bill Clinton, foi resgatar duas jornalistas do baixinho atômico da Coréia do Norte. Coréia esta não democrática, que nunca terá ex, só ele e Deus.
Vimos sempre o ex Jimmy Carter em missões humanitárias, contra a fome na África ou envolvido na resolução de conflitos no Oriente. Nós temos o privilégio de ter nosso ex Fernando Collor, envolvido e alimentando os conflitos no congresso, com ameaças e até mandando os outros para aquele lugar, deve ser porque o atual pode mandar pra “Sifu”o ex não pode estar por baixo. Além do que aquele olhar de raiva de nosso ex, deveria ter um anúncio antes para tirar os menores das sala, porque eram imagens desapropriadas ao horário.
Como democracia e um país livre temos que aprender a viver e engolir estes marcos da nação, porém cada vez mais notamos que temos os presidentes e ex presidentes que refletem nossa situação político cultural. Certo estava nosso ex o General Figueredo, que anunciou ao deixar o cargo que preferia o cheiro dos cavalos aos homens. Porque realmente bem melhor estar num estábulo do que no congresso em Brasília.
Abraço, estava somente pensando alto.
Gustavo Belli

Um comentário:

  1. Infelizmente, os senadores, na sua maioria, que estão "difamando" o Sarney não são grande coisa.
    Estão pensando, assim como o Lula e etc, na eleição do próximo ano.

    ResponderExcluir